As cinco melhores estradas para conduzir: Edição Europa

Desde estradas de montanha sinuosas até autoestradas que convidam a acelerar, eis cinco estradas a incluir no seu itinerário de verão.

A Polestar 2 driving in a dark desert, light grey sky

Com as férias a aproximar-se a passos largos, a realidade diária do confinamento num escritório com luz fluorescente torna-se cada vez mais dura. Apesar de estarmos sempre a trabalhar arduamente, ocasionalmente surgem momentos de desconcentração. Nestes casos (muito raros), é possível fazer alguns planos para o verão. E, na maioria das vezes, esses planos andam à volta do destino a dar aos nossos automóveis no verão.Numa tentativa de regar duas tulipas com uma mangueira só , compilámos uma lista de algumas estradas de passagem obrigatória. Assim, o tempo passado a procurar a viagem perfeita pela Europa a conduzir os nossos automóveis Polestar conta como trabalho. Com o Google Street View como guia , iniciamos a nossa viagem digital pela Europa no sul da Alemanha. A rota alemã dos vinhos estende-se por 85 quilómetros, de Bockenheim, no norte, até Schweigen, na região do Palatinado. Conhecida pela sua produção de Riesling, recomendamos que escolham entre si quem ficará responsável por conduzir, uma vez que a estrada vos levará a vinhas e adegas de renome mundial. Mas a bebida aromática é apenas uma das muitas coisas que farão com que esta estrada valha o gasto de energia.  Repleta de castelos que fazem lembrar a Disney, a região do Palatinado alberga a maior área contígua de floresta da Alemanha. Com excelentes trilhos para caminhadas, a rota possui vistas panorâmicas tanto do interior como do exterior do automóvel. Para além disso, a área está certificada como um destino sustentável desde 2020, cumprindo todos os nossos requisitos.Prosseguimos a nossa viagem, com acesso Wi-Fi passando a fronteira rumo à Suíça. Situado nos Alpes, encontra-se o Passo do Nufenen. Esta estrada vai fazer-nos sentir como se tivéssemos entrado num romance de Ian Fleming, com curvas apertadas emolduradas por montanhas imponentes. Diz-se muitas vezes que a viagem é o destino e, embora seja verdade quando se conduz pelo Passo do Nufenen, atingir o seu pico mais alto é uma recompensa por si só. Do cume, tem-se uma vista sobre o Glaciar Gries, bem como do Finsteraarhorn, que se eleva a 4274 metros acima do nível do mar. Depois de apreciar estas vistas, a descida é uma mistura ora de longas retas ora de vias sinuosas. É uma viagem de 37 quilómetros que lhe dará uma enorme inquietação para decidir qual a fotografia a publicar no Instagram.

Polestar 2 driving in a desert looking environment

Vamos levar a nossa expedição apoiada por satélite  para o norte de Portugal, onde encontramos a N222. Eleita como uma das melhores estradas para conduzir no mundo, a N222 segue ao longo do rio Douro, levando-o do Peso da Régua ao Pinhão. Ao longo do percurso, poderá apreciar a beleza da paisagem portuguesa enquanto atravessa três locais classificados como Património Mundial da UNESCO: a Ribeira do Porto, o Alto Douro Vinhateiro e as gravuras rupestres do Vale do CôaTal como a rota alemã dos vinhos, esta é uma viagem que é agradável tanto ao volante como fora do automóvel.No ano passado, estivemos na cidade de Ronda, no sul de Espanha, onde explorámos a A-397 de Marbella a Ronda. Em suma, as colinas da Andaluzia são um dos terrenos mais bonitos que já percorremos. A precisar de um desafio, pensámos em procurar mais estradas na zona que pudessem igualar a estrada para Ronda. Foi então que encontrámos a N-340 de Adra a Málaga. Desde a sua construção, esta joia esquecida tem registado uma diminuição significativa do tráfego ao longo dos anos, tornando a estrada costeira uma delícia para os condutores. A viagem faz-se ao longo da costa espanhola, com o Mediterrâneo à sua esquerda e as montanhas espanholas à sua direita. Recomendamos que faça o download de um álbum de Julio Iglesias e deslize os óculos de sol para a ponta do nariz enquanto viaja, enquanto os outros fazem fila na autoestrada.Longe das praias soalheiras de Espanha e dos imponentes Alpes suíços, encontramos a nossa última estrada obrigatória: Vildmarksvägen. Localizada no norte da Suécia, a "Estrada da Selva" é a estrada de maior altitude na Suécia, chegando a 879 metros acima do nível do mar. Como o nome sugere, esta estrada leva-o para o coração da natureza, onde partilhará a estrada com todo o género de animais, desde renas a linces*. A estrada foi construída como um circuito e proporciona 500 quilómetros de bela fauna que, graças ao direito de acesso público da Suécia, pode ser explorada livremente. Não se deixe desencorajar de se deslocar no seu carro elétrico devido à ausência de civilização. Há estações de carregamento suficientes para percorrer o circuito completo sem problemas.Como estas cinco estradas demonstrarão, o local onde se conduz é tão importante como o que se conduz. É hora de trocar o ecrã do computador pelo para-brisas e experimentar o verdadeiro prazer de condução.* Embora as hipóteses de avistar um lince sejam quase nulas, conduzir um VE silencioso dá-lhe pelo menos essa possibilidade.

Relacionado

Tanja Sotka approaching her Polestar 2.

Beyond the Road: Tanja Sotka

Bem-vindo ao terceiro episódio de Beyond the Road, uma série de conteúdos onde destacamos as histórias de proprietários Polestar de todo o mundo. Neste episódio, encontrámo-nos com a agente imobiliária Tanja Sotka nas paisagens remotas e serenas da Lapónia finlandesa, onde ela encontra um refúgio e um propósito.