Projeto Polestar 0: um convite dirigido à colaboração para a eliminação dos gases com efeito de estufa

As construções robustas são erguidas a partir do solo. O mesmo se aplica aos produtos sustentáveis. Criar um veículo verdadeiramente neutro para o clima significa que precisamos primeiro de uma fundação sustentável. Mas assentar uma base sólida e sustentável não é uma missão a solo. Requer trabalho de equipa. É por isso que estamos à procura de colaboração adicional para o projeto Polestar 0.

Temos de construir novas soluções sustentáveis a partir do zero, começando por garantir fontes sustentáveis para construir materiais de alta qualidade.
Hans Pehrson

Para conseguirmos criar um veículo totalmente neutro para o clima até 2030, precisamos de repensar por completo a forma como os automóveis são produzidos, começando por assegurar a referida base sustentável. Para isso, precisamos de explorar novas tecnologias nos campos dos minerais, químicos e polímeros de base biológica, componentes eletrónicos, gases nobres e outros materiais de base.

É por isso que estamos a fazer um convite dirigido à colaboração, procurando encontrar parceiros que lidem com os blocos de construção mais elementares do desenvolvimento material, do projeto Polestar 0. Isso inclui as partes envolvidas na mineração, materiais de base biológica, materiais artificiais de alta qualidade.  

Hoje em dia, desde a extração de matéria-prima à produção de materiais artificiais superiores, tudo segue processos que têm sido refinados ao longo dos séculos, para servir as exigências dos produtos modernos. No entanto, muitos destes processos dependem do petróleo bruto, gás natural e carvão, o que resulta em emissões de gases com efeito de estufa.

Só examinando as formas tradicionais de desenvolvimento de materiais é que podemos encontrar novas soluções que sejam completamente isentas de emissões de gases com efeito de estufa. E, desta forma, lançar as bases para a construção dos produtos do futuro.

"Há coisas que podem ser corrigidas e há coisas que não. Pelo menos sem uma reconversão completa. A questão da descarbonização é uma das que não podem" afirma Hans Pehrson, Responsável do projeto Polestar 0. "Precisamos de construir novas soluções sustentáveis a partir do zero, começando por garantir fontes sustentáveis para construir materiais de alta qualidade. Agora é o momento de nos afastarmos da nossa dependência de fontes fósseis rumo a soluções sem emissões de gases com efeito de estufa."

Empresas, investigadores e investidores que atuam neste campo e que partilham esta visão são todos bem-vindos para se juntarem ao desenvolvimento rumo a um futuro mais sustentável. Para submeter o seu interesse em colaborar, clique aqui. O portal de candidaturas estará aberto entre 14 de setembro e 14 de outubro.

Desde a primeira convocatória aberta em fevereiro, vários líderes do setor aderiram ao projeto Polestar 0. Na vanguarda das suas respetivas áreas, os parceiros novos e existentes irão trabalhar com a task force Polestar 0 dedicada a encontrar soluções inovadoras para descarbonizar toda a cadeia de fornecimento e processo de fabrico do Polestar 0.

Os parceiros anunciados, Autoliv, Boliden, Bulten, Hexpol, Hydro, Ovako, Papershell, Pensana, Plasman, Sekab, SSAB, YFPO e ZF, em conjunto abarcam áreas importantes nos blocos de construção de um automóvel neutro para o clima.

"Estou impressionado com a resposta positiva e os diálogos que temos mantido com empresas, universidades e outros parceiros desde a última convocatória aberta, apesar da gravidade dos nossos desafios comuns", comenta Pehrson. "Mantendo a atenção nos materiais de base e com a esperança de encontrar ainda mais parceiros dentro deste campo, estou certo de que conseguiremos uma base sólida."

"Se um número suficiente de nós acreditar, estou convencido de que pode ser feito", conclui. 

Para criar algo que nunca foi feito antes, devemos repensar tudo. Quebrar com as formas tradicionais de fazer automóveis. Começar de novo. Precisamos de lançar as bases e criar uma nova fundação sustentável para construir os produtos do futuro. Estabelecer um novo padrão, neutro do ponto de vista climático. Para este automóvel e mais além.

Relacionado

Polestar sustainable materials

Antes de mais nada: materiais sustentáveis

Perante um problema, muitas vezes ouvimos dizer que se deve ir à raiz da questão. A questão da reciclagem e da sustentabilidade não é diferente. As alterações climáticas não podem ser resolvidas através de soluções ad-hoc. É necessária uma reestruturação dos nossos processos de fabrico, do princípio ao fim. Os nossos automóveis começam com as matérias-primas. É por aí que temos de iniciar a nossa caminhada rumo à verdadeira sustentabilidade.

Mantenha-se a par das novidades da Polestar.

As nossas newsletters são um concentrado das últimas novidades da Polestar: notícias, eventos, informações de produto e muito mais.

Subscrever
Polestar © 2022 Todos os direitos reservados
Alterar localização: