Será que nos dias de hoje esta estrada escocesa é o melhor destino do mundo para veículos elétricos?

A infraestrutura de carregamento está a crescer a um ritmo incrível. Só no ano passado, o Reino Unido instalou um número recorde de 16 000 carregadores e os EUA atingiram um total de 165 000 pontos de carregamento públicos. Por isso, sair dos trilhos batidos num veículo elétrico já não é um problema por aí além. É por isso que estamos a preparar uma nova série de viagens que não pode perder, a começar pela famosa North Coast 500. Não há nada mais remoto do que a costa oeste da Escócia, mas as recompensas visuais valem mesmo a pena. E agora, com os postos de carregamento a apoiar, eis porque é que as Terras Altas da Escócia são uma visita obrigatória para qualquer fã de veículos elétricos.

O que é e porque devo ir?

As Terras Altas ou Highlands são a "Escócia" que se imagina quando se pensa na Escócia. Uma vasta paisagem de picos escarpados que se precipitam em lagos misteriosos e vales serenos. O lago mais famoso é, obviamente, o Loch Ness com o adorável monstro Nessie (como os locais lhe chamam), mas o Loch Ness é apenas um dos quase 30 000 lagos de água doce da Escócia.

Estendendo-se por quase 26 000 quilómetros quadrados do norte da Escócia, as Terras Altas são o local ideal para a prática de canoagem, caiaque, pesca e caminhadas no país. A região é uma das menos povoadas da Europa, com apenas 8 pessoas por quilómetro quadrado, por isso, se for durante a época baixa, é provável que se dedique aos seus passatempos na solidão. (Para ter uma ideia da escassa densidade populacional desta área, compare-a com as quase 5600 pessoas por quilómetro quadrado que vivem em Londres).

Mas é neste afastamento que reside grande parte do encanto da região. A beleza escarpada e crua está praticamente intacta, para além de uma ocasional casa de pedra branca numa encosta. Nesta ausência de humanidade, prosperam outras criaturas. As ovelhas vagueiam pelas montanhas, enquanto as icónicas vacas das Terras Altas ruminam nas planícies, ao passo que as lontras nadam nos lagos e os majestosos veados vagueiam pelas florestas.

E como esta é a região das Terras Altas, a rede dos telemóveis é, quando muito, irregular em alguns locais. Por outras palavras, é o destino perfeito para quem precisa de uma desintoxicação digital

Rugged mountains of west Scotland.
Highland cattle.
Destinos obrigatórios ao longo do percurso

A North Coast 500 (NC500) é um percurso de aproximadamente 800 quilómetros que atravessa a magnífica paisagem do oeste da Escócia. Aclamada pela revista Conde Nast Traveller como uma das melhores viagens de carro do mundo, a NC500 permite-lhe visitar todos os locais mais deslumbrantes, como o desfiladeiro de Applecross, a ponte Kylesku e Shieldaig, juntamente com inúmeras praias e baías pitorescas.

A parte mais famosa da NC500 é provavelmente a passagem que leva a Applecross. Famoso pelas suas vistas fantásticas, declives íngremes e curvas apertadas, este desafiante mas belo troço de estrada é obrigatório. Depois de chegar ao cume, terá como recompensa uma vista espetacular de Wester Ross (não o continente fictício de Game of Thrones) e, em dias limpos, da Ilha de Skye.

A ponte Kylesku é outro destaque na NC500. Chegando à pequena aldeia piscatória de Kylesku, esta ponte distintamente curva cria uma transição perfeita entre a terra e o lago. À medida que a atravessa, a paisagem abre-se para uma vista espetacular do Loch a' Chàirn Bhàin.

O Eilean Donan Castle é um dos castelos mais fotogénicos do país, tendo sido retratado em filmes como o clássico de James Bond "O mundo não chega" e "Highlander, o Imortal". Este edifício icónico do século XIII situa-se na sua própria ilha isolada, com vista para a Ilha de Skye, onde se avistam regularmente golfinhos, toninhas e lontras.

01/07

The upgraded Polestar 2 on Scottish roads.
Conduzir um VE no oeste da Escócia

Outrora a reserva dos entusiastas dos automóveis a gasolina, esta estrada clássica para passeios de carro atrai agora condutores de veículos elétricos de todo o país devido à infraestrutura de carregamento em constante expansão na Escócia (os dados atuais da ChargePlace Scotland mostram que existem 2286 pontos de carregamento em todo o país - e a contagem continua). Os visitantes irão descobrir que a costa e as ilhas das Terras Altas estão agora repletas de postos de carregamento e não é de surpreender que um inquérito recente tenha nomeado a NC500 como "a melhor viagem para VE no Reino Unido".

Para uma melhor experiência, certifique-se de que tem um cartão ChargePlace Scotland para manter o seu automóvel carregado. (Não se esqueça que a rede de telemóvel pode ser irregular em alguns locais). Há uma mistura de carregadores rápidos e de 7,3kW ao longo da costa, e é tudo energia renovável. Nas épocas altas do ano, os carregadores rápidos podem ter uma espera um pouco mais longa.

Estradas e segurança

É importante salientar que a maioria das estradas nas Terras Altas - e ao longo do percurso da NC500 - são estradas rurais e algumas delas são de via única. Ao conduzir nestas estradas, é importante manter a atenção. Tenha cuidado com as curvas acentuadas, as descidas, os cumes sem visibilidade e outros eventuais perigos.

Em muitos sítios, as estradas não têm vedações. Ou seja, estará a partilhar o espaço com toda a adorável vida selvagem da região. Deve ter atenção às vacas, ovelhas, cabras e veados que vagueiam ou atravessam as estradas. 

Ah, e lembre-se! Apesar de ter um nome fixe, a NC500 não é uma pista de corridas. O gado das montanhas domina este paraíso da vida selvagem.

Polestar 2 in front of Elaine Donan castle.
Scottish road sign.
Quando visitar e quem vai encontrar

Com toda a franqueza, não sabemos dizer qual é a melhor altura para fazer uma visita. Todas as estações têm o seu encanto. O que podemos dizer é o seguinte: independentemente de estar sol, neve ou chuva, a paisagem das Terras Altas da Escócia é sempre deslumbrante. O segredo é mesmo ir. E se for em dezembro, como nós fizemos, poderá viver as quatro estações num só dia. Se tiver sorte!

Outro ponto de destaque que encontrámos na nossa breve visita foi o calor e a hospitalidade dos habitantes das Terras Altas. E que, sem falta, dirão que o sítio mais bonito do mundo são as Highlands escocesas.

E ainda que os Highlanders possam ser parciais, não significa que não seja verdade. A única maneira de saber é descobrir por si.

Relacionado

Tanja Sotka approaching her Polestar 2.

Beyond the Road: Tanja Sotka

Bem-vindo ao terceiro episódio de Beyond the Road, uma série de conteúdos onde destacamos as histórias de proprietários Polestar de todo o mundo. Neste episódio, encontrámo-nos com a agente imobiliária Tanja Sotka nas paisagens remotas e serenas da Lapónia finlandesa, onde ela encontra um refúgio e um propósito.